WhatsApp adia mudanças na privacidade após debandada de usuários

O WhatsApp adiou as novas políticas de privacidade, de compartilhamento de dados com o Facebook, depois de uma verdadeira debanda de usuários para o Telegram e o Signal, que tiveram milhares de downloads nos últimos dias.

A mudança entraria em vigor no dia 8 de fevereiro, mas agora está prevista para 15 de maio.

O adiamento foi anunciado pela empresa em comunicado nesta sexta, 15.

A empresa avaliou que os usuários precisam de mais tempo para compreender o que exatamente muda na nova política de privacidade e assumiu que a comunicação não foi bem sucedida.

Até lá, o WhatsApp informou que ninguém terá sua conta excluída:

Estamos recuando da data em que as pessoas serão solicitadas a revisar e aceitar os termos. Ninguém terá sua conta suspensa ou excluída em 8 de fevereiro”.

O comunicado diz ainda que o WhatsApp vai procurar uma forma melhor de esclarecer sobre as mudanças.

Faremos muito mais para esclarecer a desinformação sobre como a privacidade e a segurança funcionam no WhatsApp. Iremos às pessoas gradualmente para que revisem a política em seu próprio ritmo antes que novas opções de negócios estejam disponíveis em 15 de maio”, afirma o comunicado.

Neste fim de semana a empresa começou a enviar mensagens para tentar acalmar os usuários que estão pensando em abandonar o aplicativo e deve mandar em outros idiomas, além do inglês, nos próximos dias

Sigilo

A empresa voltou a garantir o sigilo das mensagens trocadas no aplicativo.

Disse que elas continuam sendo criptografadas para que nem o WhatsApp, nem o Facebook, possam ver mensagens privadas.

E prometeu que a nova atualização será mais transparente sobre a coleta de dados.

10 transformações que o WhatsApp sofreu ao longo dos anos

1. Confirmação de leitura

Em 2014, o WhatsApp lançou a confirmação de leitura da mensagem, as famosas setas azuis. A novidade, porém, foi acompanhada pela opção de desativar o recurso após reclamações de quem prefere ter mais privacidade.

2. Ligação

Uma das atualizações mais esperadas pelos usuários surgiu em 2015. O aplicativo inseriu a função “Ligar”, que permite a realização de chamadas telefônicas graças à tecnologia VoIP, sigla inglesa para Voz sobre IP.

3. WhatsApp Web

O aplicativo surgiu graças aos smartphones, mas sua popularização fez com que as pessoas pedissem um programa disponível para desktop. Em 2015, a empresa lançou a ferramenta por meio da leitura de QR Code com o celular.

4. Citação em grupos

Para resolver a enxurrada de mensagens recebidas em um grupo, o WhatsApp criou em 2016 o recurso de citação, que permite ao usuário “marcar” a pessoa a quem aquela conversa é direcionada.

5. Videochamada

Depois de permitir ligações, o aplicativo começou a desenvolver a possibilidade de chamadas de vídeo. Isso ocorreu no fim de 2016 e possibilitou a interação por meio das câmeras dos smartphones.

6. Formatação de texto

No início de 2016 os usuários finalmente conseguiram destacar trechos de mensagens com riscos, negrito e itálico. Antes feito por códigos gráficos, agora já integra o menu de opções do teclado.

7. Seta de novas mensagens

Outro recurso bastante desejado por quem participa de grupos, a seta de novas mensagens foi lançada em 2016 e permite que o usuário desça a conversa até à conversa mais recente.

8. Status

Em 2017, o WhatsApp passou a rivalizar com o Snapchat e o Instagram Stories ao criar a função “Status”. Nela, os usuários podem postar imagens e vídeos que ficam disponíveis por apenas 24 horas.

9. Localização em tempo real

Outro recurso bastante solicitado, a localização ao vivo chegou em 2017 e permite que os usuários compartilhem via mensagem a sua posição exata em um mapa por 15 minutos, meia hora ou 8 horas.

1o. Trava de áudio

Enviar áudio em vez de texto é um dos fatores que explicam o sucesso do WhatsApp, mas os usuários ficavam incomodados de terem que segurar o botão de gravação durante toda a mensagem. Contudo, desde 2017, é possível travá-lo e continuar gravando ao deslizar o ícone para cima.

 

 

fonte: sonoticiaboa.com.br / 33giga.com.br

Imagem: Pinterest

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.