Tecnologia de filtragem de efluentes vai ser apresentada pelo IDR no Show Rural

Uma tecnologia desenvolvida na Alemanha nos anos de 1970 pode ajudar países emergentes a lidar com um problema sério: a contaminação dos mais diferentes ambientes naturais por efluentes domésticos. Estação de Tratamento de Efluentes por Zona de Raízes foi o tema de treinamento que acaba de ser realizado no parque que em fevereiro receberá a 33ª edição do Show Rural Coopavel.

A estação recebe todo efluente doméstico e faz o tratamento do esgoto, que então é liberado praticamente sem riscos ao meio ambiente. No meio rural, segundo Orlando, não há nenhuma outra forma eficiente e de baixo custo que trate os dejetos do esgoto doméstico. Até existem, ressalva ele, porém são caros, exigem manutenção e acabam por inviabilizar a operação. Em uma explicação simples, prossegue o biólogo, trata-se de um jardim filtrante que combina filtro físico, que são camadas de pedra brita e areia ao longo de uma profundidade máxima de um metro, e uma estrutura de canos.

A parte inferior faz o despejo do esgoto que entra por uma estrutura de canos no topo da estação, fazendo com que o efluente acabe percolando entre as diferentes camadas de sedimentos. Quando o líquido chega à parte inferior, é conduzido ao meio ambiente já com uma condição muito mais favorável. Isso porque, segundo Orlando, esses efluentes sofrem o ataque microbiológico de diferentes organismos que atuam na zona das raízes dessas plantas por formas de cooperações biológicas. Esses organismos quebram moléculas complexas dos contaminantes que os seres humanos liberam na forma de fezes e urinas.

A tecnologia alemã adaptada à realidade brasileira vai ser apresentada na prática pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná durante a 33ª edição do Show Rural Coopavel, agendada para o período de 1º a 5 de fevereiro, em Cascavel, no Oeste do Paraná. Uma das três maiores mostras de disseminação de novas tecnologias para o campo do mundo, o Show Rural será realizado observando um amplo e cuidadoso plano de contingência. “Serão inúmeras medidas protetivas para os produtores rurais visitarem o evento com segurança”, diz o coordenador geral Rogério Rizzardi. Uma das novidades dessa edição será a sua forte presença do evento nos canais de mídias online.

 

Ultrafiltração em 2020 – tendência

 

 Um novo relatório recente sobre o mercado Ultrafiltração destaca o status dos negócios no mercado, apresenta valor e volume, tipo de produto de mercado, jogadores-chave e análise regional. A pesquisa estabelece exaustivamente os motivadores de mercado críticos, restrições bem identificadas, oportunidades futuras e tendências contínuas do mercado com estatísticas essenciais para fornecer dados precisos em termos de valor e volume. O estudo apresentado aqui é uma fonte altamente confiável de informações e dados sobre o mercado global Ultrafiltração.

Estima-se que o tamanho do mercado Ultrafiltração cresça a um CAGR de over 12% e a receita de USD 2.42 billion durante o período de previsão de 2020 a 2024.

Objetivo dos Estudos:
• Para fornecer uma análise detalhada da estrutura do mercado, juntamente com a previsão dos vários segmentos e subsegmentos do mercado Ultrafiltração global.
• Para fornecer insights sobre os fatores que afetam o crescimento do mercado. Para analisar o mercado Ultrafiltração com base em vários fatores – análise de preços, análise da cadeia de suprimentos, análise de cinco forças Porte etc.
• Fornecer receitas históricas e previstas dos segmentos e subsegmentos de mercado com relação às quatro principais geografias e seus países – América do Norte, Europa, Ásia, América Latina e Resto do Mundo.
• Fornecer análise do mercado em nível de país com relação ao tamanho do mercado atual e perspectivas futuras.

 

Fontes: eluniversaldiario.com / eurocomercio.com

Imagem: aguasclarasengenharia.com.br

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.