Manaus declara caos na saúde: Cilindros de oxigênio estão em falta

Amazonas está vivendo um verdadeiro caos na saúde pública, motivado pela pandemia de coronavírus, hospitais com leitos lotados e falta de cilindros de oxigênio para pacientes que dependem do mesmo para se recuperarem da doença.
O governador do Amazonas Wilson Lima informou que devido a situação de calamidade os pacientes amazonenses contaminados serão transferidos para unidades de saúde em : Piauí, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte , Goiás e Brasília. A autoridade estatal diz que não escolheram esses estados para acolhimento de forma aleatória, foi analisado todas as diretrizes de saúde para que não sobrecarregue a rede assistencial de outros locais e mantenha em segurança a vida daqueles que serão transferidos para essas unidades.
A quantidade de novos casos , internações e mortes por Covid-19 são assustadoras, estima-se que 235 pacientes do Amazonas sejam transportados o mais rápido possível para as redes assistenciais dos Estados citados. A média móvel de mortes cresceu 183% nos últimos 7 dias e só ontem foram registrados 198 enterros, batendo o recorde de sepultamentos diários pelo 4° dia consecutivo , os cemitérios estão lotados. O estado também está em crise no abastecimento de oxigênio, pela logística de fornecimento e transporte , o que resulta em agravamento dos casos.
Eduardo Pazuello, Ministro da Saúde fez uma visita essa semana a Manaus e viu de perto todo o caos e desespero de médicos e pacientes, afirmou que ” A capital é prioridade nacional neste momento “. O representante do ministro da saúde, Coronel Franco Duarte, disse que os serão transportados pacientes em estados moderados da doença “São pacientes que ainda continuam dependentes do oxigênio, mas eles tem toda segurança para serem aerotransportados” e acrescenta “Todos estamos voltados para o foco no paciente, para que a gente tenha sucesso e que chegue no destino com toda segurança e acolhimento que o nosso doente tenha que ter”.
A situação está tão crítica que médicos e a população estão por meio das redes sociais pedindo ajuda “O que vive hoje nem nos meus piores pesadelos pensei que poderia acontecer. Isso é uma coisa que ficar uma cicatriz eterna nos nossos corações. É muito angustiante a gente não ter o que fazer ” disse Gabriela Oliveira , médica da linha de frente em Manaus. Solange Batista tem uma interna internada em AM e questiona ” Nos foi comunicado que não tem oxigênio. Dentro de um hospital federal como esse não ter oxigênio ? Eu ter que comprar? Espero que as autoridades, o governo, alguém possa nos ajudar!”.
Adiamento do Enem em Amazonas 
Justiça federal suspendeu a realização do Enem 2020 em AM, o adiamento deve permanecer enquanto durar o status de calamidade pública decretado pelo estado.
Novas Medidas Restritivas Contra a Covid-19 No Amazonas 
Suspensão do transporte coletivo;
– “ Toque de recolher ” fechamento de atividades e circulação de pessoas não será permitido ente as 19h e 6h.
Circulação de pessoas só será permitida entre 19h e 6h em casos muito específicos que são os trabalhadores da saúde, imprensa e segurança pública.

Texto por: Maria Laura

Fonte: G1, Veja

Imagem: G1

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.