2021_YvesSaintLaurent_0001_Libre_BannerL_Officiel_970x250_71065b23-8678-41f5-95a8-ff6a5889752c.jpg

Jovem goiana, empreendedora da inovação no agronegócio é destaque na Forbes Brasil

A goiana Nathália Secco está na lista da Forbes Under 30 que apresenta jovens que se destacaram em 2020 no Brasil em suas áreas. Importantes nomes como do atacante da seleção brasileira Richarlisom, a artista Manu Gavassi e o Youtuber Lucas Neto também aparecem.
Conhecida como a futurista que revoluciona ecossistema de startups, e o agronegócio, Nathália Secco – filha de empresários e produtores rurais, fundou em seus 28 anos a 1ª Aceleradora de Startups do Agronegócio no Centro-Oeste brasileiro. Com apenas um 1 ano e 3 meses de operação da Orchestra Innovation Center, a CEO foi reconhecida por uma das maiores revistas de negócios, inovação e celebridades do mundo. A rio-verdense Nathália Secco foi indicada na lista da Forbes Under 30, como uma jovem empreendedora em destaque no Brasil.

A jovem empreendedora traçou sua trajetória na era da informação, do agronegócio digital. Na frente da aceleradora de startups, ela é agente de transformação na nova economia, desenvolvendo inovação no cenário brasileiro e mundial da produção de alimento com novas tecnologias emergentes e disruptivas operando no campo. Com atuação global, o propósito da Orchestra, é fomentar a transformação digital no campo para revolucionar o agronegócio e impactar o cenário da produção de alimento no mundo de forma sustentável.
Nathália traz o Venture Capital, e a mentalidade do Vale do Silício, para quebrar barreiras culturais na evangelização do ecossistema agro a se tornar um ecossistema de inovação. Onde fomenta a inovação e dá acesso à transformação digital para toda a cadeia produtiva de polos agroindustriais brasileiros. Apesar do agronegócio ser uma área tradicional, conservadora e de predominância masculina, como mulher, ela é pioneira no Brasil à se tornar fundadora e CEO de uma aceleradora de startups do Agro.
É um grande desafio para ela, ter uma “orchestra” da inovação sob a liderança de uma mulher, pois envolve diversas barreiras culturais, comportamentais, e de infraestrutura, dentro de um ecossistema tradicionalista. Foi nos Estados Unidos, que ela buscou sua grande inspiração e referência. A ideação para desenvolver inovação no agronegócio brasileiro surgiu dentro da da Universidade de Stanford – Califórnia, no Vale do Silício – berço das maiores startups de tecnologia do mundo; em 2017, quando cursou um programa de Liderança Executiva, Tecnologia e Inovação.
Aliada a sua experiência no agronegócio, ela fez a convergência da expertise de mercado de quem trabalha com quem está na ponta da cadeia do agronegócio brasileiro, com as melhores práticas de Inovação e Venture Capital do Vale do Silício, e o acesso às melhores tecnologias disponíveis no mundo deste setor. Assim nasceu a Orchestra!
“O maior desafio de todos tem sido construir um ecossistema de inovação em um grande centro agroindustrial from scratch (do zero)”, disse Nathália Secco. Rio Verde – Goiás, se tornou com a chegada da Orchestra, o mais novo ecossistema de Agtechs do Brasil, com startups brasileiras e estrangeiras que vem para revolucionar o mercado e trazer a agricultura do futuro para o nosso presente e para as nossas necessidades.
Orchestra revoluciona cenários do agro e tecnologias podem reduzir custos em até 200%
Através de programas de aceleração, transformação digital no campo, Inovação Corporativa e Corporate Venture com startups, investidores, agricultores, indústria, e empresas do agro, damos acesso à tecnologias e plataformas digitais como Big Data, Blockchain, Machine Learning, Internet das Coisas, Inteligência Artificial, e outras; de maneira estratégica, assertiva, acessível, automatizada e funcional a toda a cadeia rural, até para quem está na ponta desta cadeia, o produtor rural.
“Ao entregar as Agtechs em operação…

Fonte: Orchestra Innovation Center.

Imagem: Arquivo pessoal.

Gostou? Comenta aqui oque Achou!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *