Internet festival 2020 inova em formato

Para celebrar os 25 anos da Internet no Brasil, a web será palco do Internet Festival, evento que tem por objetivo provocar debates e discussões sobre tecnologia, conectividade e transformação digital.

O evento vai do dia 07/12 a 20/12 e conta com várias programações, com o objetivo de conectar ainda mais pessoas, empresas e profissionais e ainda o evento conta também com espaços específicos: Arena Startups, Arena Games e Arena Influencers.

Para permitir que empresas e pessoas se conectem e que todo o ecossistema da rede ajude a transformar pessoas no mundo físico e virtual, além das plenárias e outras atividades, os organizadores criaram três grandes arenas voltadas a comunidades específicas.

Cada arena com uma função, A Arena StartUps, por exemplo, foi criada com o apoio da Abstartups (Associação Brasileira de Startups) com o objetivo de reunir e estimular o networking entre o público e as startups, com atividades que ajudem a conectar novos empreendimentos a empreendedores e investidores.

Já a Arena Games foi desenvolvida em parceria com a eBrainz, agência de consultoria de negócios, estratégia, comunicação e marketing especializada nos mercados de Games e esportes eletrônicos, que vai prover conteúdos sobre este universo. Seu objetivo é despertar as pessoas e apresentar a elas um dos ecossistemas que mais reúne pessoas na internet.

Por fim, a Arena Influencers será um espaço para que os influencers compartilhem suas jornadas com as comunidades da Internet. Empresas e profissionais podem contribuir com aqueles que são potenciais influencers e ainda fortalecer o mercado.

25 ANOS DE INTERNET DO BRASIL

Em meio a esses grandes desafios, há 25 anos, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) colocava em operação o primeiro backbone de internet do Brasil. A conexão entre Rio de Janeiro e São Paulo permitiu que os participantes da Eco-92, ou Rio-92, como ficou mais conhecida, pudessem se comunicar pela web. Ainda um projeto do CNPq à época, a RNP dava início à missão de implantar uma infraestrutura nacional para impulsionar o ensino e a pesquisa no país, por meio da rede mundial de computadores.

Era tão importante para o país que o projeto não ficasse restrito ao ambiente acadêmico que a RNP passou a qualificar seus recursos humanos para apoiar o lançamento da primeira internet comercial, em 1995. Outro grande marco foi o programa interministerial MCTIC/MEC, lançado em 2001, que permitiu à organização evoluir e se equiparar, em termos de qualidade e abrangência, aos países referência em redes nacionais de pesquisa.

E assim ao longo dos anos a evolução tecnológica foi trazendo a comunicação para o alcance das mãos de telespectadores, portais online, TVs online e redes sociais, tudo isso hoje faz parte do âmbito comunicativo de muitas pessoas e empresas. E tudo graças a internet que possibilita a troca de dados, informações entre outros e fazer com que a cada dia fique mais fácil a comunicação entre pessoas e empresas e consequentemente outras áreas ganham um segmento maior e conseguem ampliar suas estrategias e público.

 

 

Fontes: www.metropoles.com / www.internetfestival.com.br / www.terra.com.br

Imagens: researchgate.net / www.internetfestival.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.