Dicas para um bom planejamento financeiro

Sabe-se que a economia não se encontra no seu melhor momento, e garantir o mínimo está cada dia mais difícil. A pandemia de coronavírus veio e desestabilizou países inteiros, diminuindo a demanda de alguns setores e fechando outros, mesmo que o home office tenha sido uma boa alternativa, ainda houveram demissões que contribuíram ainda mais para a queda da economia. O governo federal disponibilizou o auxilio emergencial, cerca de 40% da população solicitou o beneficio e entre aqueles que tiveram o cadastro aprovado, 89% já receberam a ultima parcela, em media os beneficiados receberam 5 parcelas.

O que preocupa os especialistas são os dados divulgados da pesquisa feita pelo Datafolha nos dias 20 e 21 de janeiro, mostram que 7 em cada 10 brasileiros(69%) que receberam o auxilio emergencial não encontraram outra fonte de renda para substituir ele.

Mas se tem uma coisa que o povo é bom, é em usar a criatividade e dar o famoso” Jeitinho brasileiro”, mesmo com todas as circunstâncias tem gente fazendo planejamento financeiro para garantir equilíbrio e nao investir em coisas desnecessárias.

Dicas que podem ajudar a ter uma vida financeira mais estável

  • Dê prioridade as dívidas mais caras, aquelas que os juros são mais altos e quanto mais se arrastam, acabam virando uma bola de neve.
  • Faça o controle financeiro, em planilhas ou aplicativos como: Guiabolso, Organizze e Wallet. Coloque sua renda mensal, gastos fixos, investimentos e o que sobrou depois desse levantamento, analisando qual área obteve mais gastos, pois provavelmente será a que você vai precisar cortar gastos depois.
  • Criar objetivos e criar prazos para que sejam realizados faz com que o planejamento financeiro faça mais sentido, até porque você saberá onde está economizando para investir em outra área. O professor de finanças da Fundação Getúlio Vargas, Paulo Gallo afirma que ” Há uma série de coisas boas que fazemos para nós mesmos, mas isso não se consegue só por querer. É preciso estabelecer um objetivo claro. É necessário quantificar o objetivo e criar datas, estabelecer metas mensais, intermediárias, além de colocar grandes objetivos em primeiro lugar”.
  • Pense bem antes de adquirir qualquer item, evitando compras por impulso. Mesmo que com a pandemia, as pessoas evitando sair de casa, ouve aumento nas compras visto que o e-commerce ganhou mais visibilidade, afinal visualizar o catálogo de produtos em casa, em qualquer horário e ainda receber tudo no conforto do seu lar, é bem tentador. Segundo pesquisa realizada pela Ebit, as vendas desse setor ainda devem crescer 26% este ano.
  • Depois de ter organizado o financeiro e estabelecido prioridades e metas, poupe uma certa quantia de dinheiro e tenha uma reserva, garantindo maior estabilidade e saber que se acontecer algo não previsto, você já tem há que recorrer.
  •  Educação financeira pode parecer complexa, mas é necessária não adianta trabalhar, trabalhar e mesmo assim sentir que não está evoluindo. Ver o retorno desse planejamento faz com que as coisas fluam. Gallo ainda diz ” O que aprendemos com a pandemia é que a gente não  precisa de tudo para viver. Aprendeu que algumas coisas não são tão necessárias”.

Texto: Maria Laura

Fonte: CNN e Uol.

Imagem: Economia.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.