Biah Rodrigues dança com Sorocaba na sala de parto e impressiona web por força

Sorocaba e Biah Rodrigues dançaram na sala de parto. O casal mostrou animação até mesmo minutos antes do pequeno Theo vir ao mundo. Em meio as contrações, a Miss Distrito Federal 2018 exibiu passos ritmados e desceu até o chão. Este ato, na verdade, é muito benéfico para o bebê, porque ajuda a aumentar a dilação e encaixar na posição certa para o nascimento. “Agacha, vai! Até o chão! Chão, chão! Vai! O pai também tem que agachar! (risos)”, incentivou a médica, enquanto gravava o vídeo do momento especial.

Vídeo de Biah Rodrigues no parto impressiona a web por força

O vídeo de Biah Rodrigues e Sorocaba dançando na sala de parto foi compartilhada nesta quarta-feira (20) pela modelo. O registro encantou os fãs pelo momento especial. “Bia, supertranquila”, parabenizou um fã e outro continuou: “Nossa, parabéns! Que maravilha!”. A força da Miss Distrito Federal 2018, que ainda foi comparada com Romana Novais, ainda foi destacada pelos internautas. “No meu parto, eu travei de dor. Não ia nem para frente e nem para trás… Imagina até o chão!!! (risos)”, apontou um seguidor e outro continuou: “Minutos antes do parto normal. Uau”.

Biah Rodrigues tentou manter a calma ao ver a bolsa estourar

O filho de Sorocaba e Biah Rodrigues nasceu no dia 17, porém o casal não estava esperando que ele viesse ao mundo naquele momento. O parto, na verdade, estava previsto para o dia 20. “A bolsa estourou quando eu estava em casa, fazendo meu almoço, bem tranquila. Quando notei uma água escorrendo pela minha perna, liguei pra minha médica e ela confirmou que seria a bolsa”, descreveu, em entrevista à Vogue, e, na sequência explicou: “A bolsa estourou 16 horas do dia 16 e ele nasceu dia 17 às 16 horas. Mais de trabalho de parto ativo foram 4 horas”.

Mulher de Sorocaba destaca preparação para o parto

Após a bolsa estourar, Biah Rodrigues explicou como foram as horas antes da chegada do herdeiro, que já recebeu alta do hospital e está em casa. A preparação para o parto, de acordo com ela, foi motivada por muita fé e paciência. “Eu mantive a calma, porque a ficha não tinha caído ainda, meditei, orei, pedi que Deus tirasse toda insegurança e medo do meu coração, deu tão certo que fui me exercitar na sala de casa e comia tâmaras no intervalo dos exercícios”, apontou a mulher de Sorocaba que, na sequência, continuou: “Eu não acho nem palavras pra descrever esse momento, foi algo transformador, acho que toda mulher deveria passar por isso”.

(Por Ana Clara Xavier)

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.