Chuvas excessivas e hipótese de perdas na safra 2020/21

O plantio da safra 2020/21 demorou um pouco mais que o esperado para chegar aos campos motivado pelo atraso das chuvas, os agricultores acabaram por plantar em meados de Outubro e começam a colher agora, no mês de Fevereiro. O que tem preocupado a classe é justamente a colheita visto que fevereiro já chegou com muitas chuvas, tempo não propício para a retirada dos grãos. O excesso de chuvas nos campos dificulta o acesso pois os veículos acabam atolando, atrasa a secagem dos grãos e paralisa as operações de escoamento nos portos.

Efeitos das precipitações nos grãos que já estão prontos para serem colhidos

Quando os grãos já estão prontos para serem colhidos, as chuvas podem causar apodrecimento de vagens, e nas áreas que que a soja ainda esta em desenvolvimento também podem haver complicações, ampliando a possibilidade de doenças.

Mato Grosso é o principal estado produtor de soja no Brasil e andam bem preocupados com as chuvas agora, na colheita principalmente porque tem toda uma expectativa nos números da produtividade da safra de soja 2020/21 superar as anteriores. O gestor de de inteligência de mercado do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) , Cleiton Gauer disse que ” Em Mato Grosso, nosso maior risco é passar por chuva na colheita, e no recebimento do produto pelos armazéns, onde ele necessita de secagem”, e ainda ressaltou que haverá uma maior demanda por caminhões em um curto espaço de tempo, pois grande parte da safra foram semeadas juntas.

O agrometeorologista , Marco Antonio Santos quando questionado sobre a tendência de permanência das chuvas disse que ” A segunda semana de fevereiro tem tudo para ser marcada por umidade, a colheita da soja para a segunda semana de fevereiro será bem complicada, assim como os embarques de grãos no Arco Norte”.

A vida dos agricultores é realmente uma montanha russa de emoções, são áreas prontas para a colheita e outras que estão passando pelo enchimento das vagens e peso dos grãos, haja equilíbrio meteorológico para suprir todas essas necessidades. Joao Castro também meteorologista disse que as áreas que ainda estão em desenvolvimento vão se beneficiar da umidade ” A tendência climática é de chuvas acima da média em todo o centro-sul do Brasil. Pela nossa análise, o mês de fevereiro, desde o sul de Goiás até o Rio Grande do Sul terá chuvas acima da média, com exceção do oeste do Rio Grande do Sul”.

Qualidade dos grãos e hipótese de perdas

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária ( Embrapa) comunicou a expansão  nos casos de apodrecimento de vagens e enrugamento de soja em varias regiões brasileiras, ressaltando as causas e a perda da qualidade dos grãos ” O enrugamento afeta drasticamente a qualidade dos grãos e das sementes e propicia a infecção secundaria por Phomopsis spp, o que pode propiciar o apodrecimento das vagens, principalmente em situações de ocorrência de chuvas em pré- colheita”.

Texto: Maria Laura.

Fonte: Globo Rural.

Imagem: Pinterest.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.