COLUNA agronegocio

<< Voltar...

Acidentes de trabalho no campo

De acordo com levantamento realizado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), por ano, quase 700 mil trabalhadores rurais sofrem acidentes no campo no Brasil, a maior parte durante a operação de máquinas agrícolas. Um em cada três acidentados precisa ser aposentado por invalidez. O manuseio de máquinas agrícolas está entre as atividades mais perigosas para o trabalhador.


Quais os principais fatores que provocam acidentes, no trabalho rural?
Apesar de a maioria dos proprietários rurais estarem preocupados, infelizmente, nem todos os trabalhadores levam a sério a segurança no trabalho rural, apesar de saberem das consequências de um acidente. Em cerca de 96%, os acidentes são provocados por imperícia do trabalhador. Em quase todas as vezes que se investiga um acidente de trabalho no campo, o fator pessoal é preponderante, principalmente quando o funcionário tem problemas familiares. Dificilmente, um trabalhador consegue esquecer-se de problemas familiares, e não se concentra no trabalho. Além disso, a falta de condições de trabalho também influencia na ocorrência de alguns acidentes de trabalho. Por fim, o desvio de conduta.


Que tipos de acidentes de trabalho são mais frequentes nas fazendas?
Visitando as fazendas, podemos constatar vários acidentes.
1. Um dos mais comuns são as quedas, ocasionadas quando pessoas estão em cima de máquinas, sendo transportadas em paralamas de tratores e em carretas.
2. Outro erro muito frequente, é a falta de equipamentos de segurança, principalmente no manejo de agrotóxicos, levando a problemas de saúde.
3. Choque elétrico, principalmente quando trabalhadores passam com máquinas agrícolas, debaixo de redes de alta tensão.
4. Acidentes com máquinas agrícolas e veículos. Em muitas vezes, os condutores excedem a velocidade, provocando graves acidentes.
5. Caminhões e máquinas, tombadas por falta de atenção.
6. Fogo em máquinas agrícolas, por falta de manutenção.
7. Aprisionamento de membros.


A culpa pelo acidentes, é do empregador ou do empregado?
Hoje ocorre culpa, tanto do empregado quanto do empregador. As vezes, por falta de conhecimento, o empregador não oferece a devida segurança para o trabalhador. Porém hoje com a NR-31, os empregadores estão com mais informações e melhorando a segurança do trabalhador rural. Há também aqueles funcionários, que recebem todos os equipamentos de segurança no trabalho, e não fazem o uso.


Quais os procedimentos devem ser tomados, em caso de acidentes do trabalho na zona rural?
De imediato, o empregador tem que prestar socorro e dar toda a assistência necessária. Não mexer na máquina que provocou o acidente até fazer a perícia. É importante, o empregador documentar tudo que foi feito durante o atendimento, desde o socorro na fazenda até o atendimento médico.

 

 

Leomarques Pereira
Consultor em Segurança do Trabalho

Bodas de Ouro: José & Zilda

ED:11/09/2017

EDIÇÕES ANTERIORES

FALE CONOSCO

Deixe sua mensagem para nossa equipe
Teremos o prazer de responde-lo




RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES EM SEU E-MAIL

Fique por dentro de tudo que publicamos em nossa revista,
eventos, fotos, acontecimentos e muito mais

Parceiros

Revista Society © 2015 - Desenvolvido por Oficina Web