COLUNA agronegocio

<< Voltar...

Leilão de milho da Conab tem demanda para 90% da oferta.

Maior disputa foi por um dos lotes armazenados em Sidrolândia, MS. (Foto: Reuters) O quinto leilão de venda de estoques de milho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), realizado nesta quarta-feira (9) registrou demanda para 90,2% da oferta de 145 mil toneladas. Foram colocadas à venda 144,94 mil toneladas armazenadas em Mato Grosso, enquanto 55,14 toneladas são de Mato Grosso do Sul. Um lote que seria ofertado em Primavera do Leste, de 5 mil toneladas, foi cancelado. A maior disputa foi por um dos lotes armazenados em Sidrolândia, em Mato Grosso do Sul, arrematado por R$ 39 a saca de 60 quilos, 24,47% acima do valor de abertura, de R$ 31,33 a saca. O volume total, de 47,92 toneladas, foi adquirido pelos compradores. Outro lote colocado à venda no mesmo município, de 7,21 toneladas, saiu pelo valor de abertura. No último pregão, lote de Sidrolândia foi arrematado por R$ 38,22 a saca. O segundo maior ágio foi registrado em lote de 2,43 mil toneladas armazenado em Sapezal, em Mato Grosso, arrematado por R$ 25,74 a saca, 22,26% acima do valor de abertura, de R$ 21,05 a saca. Também houve disputa por lote armazenado em Tabaporã, em Mato Grosso. No município, as 1,33 mil toneladas oferecidas pela Conab foram negociadas a R$ 23,88 a saca, 13,42% acima do valor de abertura, de R$ 21,05 a saca. Nesse leilão, apenas dois lotes não despertaram interesse de compra, caso de um dos sete lotes de Ipiranga do Norte (MT). Um dos quatro lotes colocados à venda em Sorriso (MT) também não foi negociado.

Bodas de Ouro: José & Zilda

ED:11/09/2017

EDIÇÕES ANTERIORES

FALE CONOSCO

Deixe sua mensagem para nossa equipe
Teremos o prazer de responde-lo




RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES EM SEU E-MAIL

Fique por dentro de tudo que publicamos em nossa revista,
eventos, fotos, acontecimentos e muito mais

Parceiros

Revista Society © 2015 - Desenvolvido por Oficina Web