COLUNA Advocacia

<< Voltar...

Operadoras de plano de saúde estão entre as atuais líderes em reclamações judiciais

A insatisfação dos usuários dos planos de saúde torna-se cada vez mais frequente, o que reflete, portanto, na atual situação das operadoras de Plano de Saúde que estão sempre entre as líderes de reclamações junto aos órgãos de defesa do consumidor e no Judiciário, no qual de cada 10 ações propostas contra os planos na Justiça, 9 eles perdem por descumprimento de cláusula contratual. Não bastassem os altos custos das mensalidades pagas, constantemente os benefi ciários encontram difi culdades na hora de utilizar seus planos de saúde, como a demora na marcação de consultas, exclusão de coberturas de exames e internações e negativas de procedimentos previstos nos contratos. Ainda, em razão das negativas das operadoras em cumprir integralmente com o estabelecido nos contratos e realizar intervenções cirúrgicas mais sofi sticadas e urgentes, como transplantes, colocação de próteses e cirurgias cardíacas e em propiciar tratamentos mais caros e prolongados, como os de câncer, os usuários muitas vezes acabam arcando integralmente com as despesas, ou em casos mais penosos, pela falta de recursos, recorrem ao SUS. Dessa forma, inúmeras vezes após os transtornos causados em razão dessas negativas, só restam aos usuários recorrerem ao judiciário a fi m de serem reparados fi nanceiramente pelos danos materiais e até mesmo morais causados. Por fi m, cumpre destacar, conforme estabelecido pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, alguns cuidados que devem ser tomados ao contratar um plano de saúde, sendo eles: 1)Verifi car se a operadora tem registro na ANS, Agência Nacional de Saúde Suplementar, responsável por fi scalizar a atuação das operadoras de planos de saúde; 2)Verifi car, no site www.ans.gov.br ou pelo telefone 0800-701 9656, se a operadora de saúde tem problemas administrativos e/ou fi nanceiros; 3)Ler o contrato ou consultar um advogado especialista antes de assinar e exigir uma cópia e a lista atualizada dos prestadores credenciados: médicos, hospitais e laboratórios; 4) Contratar um plano que seja adequado às suas necessidades e às de sua família, considerando a cobertura assistencial, a abrangência geográfi ca e se a rede é credenciada; 5)Verifi car os prazos de carência; 6) Comparar preços e verifi car a forma dos reajustes, inclusive se eles são feitos por faixa etária; 7) Levar em conta que os serviços oferecidos estão ligados ao plano contratado: referencial, ambulatorial, hospitalar ou hospitalar com obstetrícia.

Bodas de Ouro: José & Zilda

ED:11/09/2017

EDIÇÕES ANTERIORES

FALE CONOSCO

Deixe sua mensagem para nossa equipe
Teremos o prazer de responde-lo




RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES EM SEU E-MAIL

Fique por dentro de tudo que publicamos em nossa revista,
eventos, fotos, acontecimentos e muito mais

Parceiros

Revista Society © 2015 - Desenvolvido por Oficina Web